c8e9b69e-1e9e-42a8-b6f6-a110a3218564-aspect-ratio-930-440
🇧🇷 Curto Brasil

Moraes: tiros contra PMs em SP foi “banditismo” e não tem “relação com disputa eleitoral”

2-out 16:35
1 min

Neste domingo (2), dois policiais foram baleados em frente à Escola Estadual Deputado Aurélio Campos, na Cidade Dutra, bairro da zona sul de São Paulo. O local é um colégio eleitoral, mas segundo Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o crime não teve relação com as eleições.

Suspeito está foragido

O atirador, segundo a Polícia Militar, ainda não foi identificado. Após ter atirado contra os policiais, o autor do crime conseguiu fugir, deixando dois PMs feridos. O caso foi registrado no 48º Distrito Policial – Cidade Dutra, em São Paulo.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) informou, em nota, que “o tiroteio aconteceu em frente à escola e a votação foi paralisada por cerca de 40 minutos. O episódio não tem relação com o processo eleitoral e maiores informações devem ser averiguadas com a Secretaria de Segurança Pública”.

Alexandre de Moraes

Veja o que declarou o magistrado que preside o TSE a respeito do caso:

“Em São Paulo, a ocorrência mais grave, em uma zona eleitoral, não teve nenhuma relação com disputa eleitoral. Uma pessoa desceu, furtivamente, e atirou em dois policiais. Nós estamos acompanhando, mas não tem relação com a disputa eleitoral. É um ato de banditismo puro”.

(🚥): pode exigir registro e/ou assinatura
(*): conteúdos em outros idiomas são traduzidos pelo Google Tradutor