73114F45-3666-4395-A098-2F3AAC9B24BF-aspect-ratio-930-440
🗺 Curto Mundo

Ex-guarda da família real britânica abre o jogo sobre uso de drogas entre soldados

5-jan 10:10
2 min

O ex-guarda real britânico Jimmie Straughan postou um vídeo de si mesmo gravado quando ainda trabalhava para a família real em 2020. Nas imagens, o rapaz debocha do trabalho e chama a guarda de “inútil”. Ele foi demitido em 2022 após ser pego em um teste de drogas e disse para tabloides britânicos que o uso de cocaína é comum entre os soldados “entediados”.

O vídeo foi divulgado no TikTok. Nas imagens, Jimmie aparece com um rifle. Há também um vídeo breve da rainha Elizabeth II passeando com os cachorros. Segundo Jimmie, a rainha já estava irritada com a incompetência dele, o que causou um puxão de orelha.

“Atualmente estou do lado de fora do Castelo de Windsor. Deveria cuidar da família real. Atualmente estou olhando para dois patos. Eu me importo? Não”, diz no vídeo que já acumula mais de 400 mil visualizações.

Pela lei, registrar imagens em serviço oficial ou da família real e suas propriedades é uma infração grave, com direito a expulsão.

Jimmie contou para o MailOnline, da Austrália, que foi expulso em março de 2022 depois de reprovar em um teste de drogas. Ele disse que o uso de cocaína entre os guardas era “desenfreado”, já que o serviço é tedioso.

“Ser expulso foi a melhor coisa que já me aconteceu”, disse ele. “Quando você se junta ao Exército, é vendido um sonho de viajar pelo mundo e ir a lugares emocionantes, mas quando estávamos em deveres cerimoniais, era simplesmente um inferno. Eu odiava quando tínhamos que ficar na frente dos turistas boquiabertos. Lembro de pensar comigo mesmo – sou um soldado de verdade ou apenas um quebra-nozes?”, lembrou.

Receba notícias e newsletters do Curto News no WhatsApp e Telegram.