FlIiy60WAAAIc2d-aspect-ratio-930-440
🗺 Curto Mundo

Últimas da Ucrânia: país é alvo de ataques russos em diversas cidades

29-dez 12:12
2 min

Várias cidades da Ucrânia foram atingidas por mísseis russos na manhã desta quinta-feira (29), informou a Força Aérea do país. Após uma série de reveses militares e perdas de territórios no último semestre, Moscou intensificou a campanha aérea com drones e mísseis para atacar a infraestrutura de energia ucraniana – uma preocupação para os meses de inverno. Na capital Kiev, cerca de 40% da população está sem energia.

As explosões em Kiev deixaram pelo menos três feridos, de acordo com o prefeito. Fragmentos de mísseis derrubados atingiram duas casas na zona leste da capital.

Em Lviv, oeste do país, as explosões deixaram 90% da cidade sem energia elétrica. O governador da região afirmou que a defesa aérea foi acionada e pediu aos moradores que permaneçam nos abrigos. As explosões também atingiram Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia.

A defesa antiaérea da Ucrânia conseguiu derrubar 54 dos 69 mísseis russos lançados nesta quinta, afirmou o comandante das Forças Armadas, Valery Zaluzhny. Mais cedo, a presidência ucraniana havia informado que o país foi atacado por mais de 120 mísseis russos.

Por sua vez, o presidente russo, Vladimir Putin, participou nesta quinta-feira de uma cerimônia de apresentação de navios de guerra, incluindo um submarino com capacidade de transportar mísseis nucleares. Ele prometeu produzir mais armamentos e elogiou as capacidades de sua frota.

Putin apresenta a invasão da Ucrânia como uma necessidade para a segurança nacional. Ele afirma que o Ocidente está usando o país como uma ponte para ameaçar a Rússia. As perspectivas de negociações são praticamente inexistentes.

(Com AFP)

Clique para ler mais notícias sobre a invasão russa ao território ucraniano ⤵️

Guerra na Ucrânia: tudo o que você precisa saber sobre o conflito.