Nenhuma-iniciativa-1-aspect-ratio-930-440
Newsverso

Mulheres implementam mais iniciativas no metaverso, mas são minoria em cargos de liderança da web3.0

22-nov 14:24
2 min

O metaverso tem provocado reflexões nos usuários da internet quanto a usabilidade, acessibilidade e projeções da tecnologia. Mas além de romper as barreiras do digital, agora o metaverso também está sendo alvo de discussões sociais densas. Isso é o que mostra um relatório divulgado pela empresa de consultoria internacional MCkinsey. De acordo com um artigo divulgado na última segunda-feira (21), mulheres ficam mais tempo no metaverso e estão mais dispostas a engajar projetos no ambiente, mas são minoria em cargos de liderança em empresas que têm capital envolvido com a web3.0.

Segundo relatório divulgado pela consultoria McKinsey, mulheres não passam de 10% na linha de frente das empresas que protagonizam o metaverso

A pesquisa da MCkinsey entrevistou cerca de 2000 pessoas e, analisando os consumidores do metaverso,  41% das mulheres fizeram uso de alguma plataforma do metaverso, mesmo que primária, ou participaram de um mundo virtual por mais de um ano, em comparação com apenas 34% dos homens. Além disso, 35% das mulheres pesquisadas passaram mais de três horas por semana em alguma plataforma metaversonica, frente a apenas 29% dos homens.

Veja também: O que é o metaverso

Expondo os dados qualitativos da pesquisa, o público feminino se propôs mais a participar de eventos ao vivo nos ambientes, fazerem compras e aprender. Enquanto os homens têm preferência em jogos e aquisição de NFTs. 

Veja também: O que são NFTs

Elas também são mais flexíveis e implementam mais iniciativas metaversas

As mulheres estão liderando e implementando mais iniciativas metaversas. Em uma pesquisa feita com 424 líderes de empresas, 60% das mulheres, frente a 50% dos homens, disseram já terem engajado iniciativas relacionadas ao metaverso em suas organizações. As áreas mais exploradas no âmbito são o marketing, aprendizado e desenvolvimento de funcionários e design de produtos.

Mulheres implementam mais ações no metaverso

Mulheres são minoria em posições de liderança

Se por um lado as mulheres estão mais propensas a investirem no metaverso, do outro elas são minoria em posições executivas em companhias que protagonizam a Web3.0. Elas não passam de 10% em cargos de liderança nos casos expostos. O número do relatório é muito semelhante ao que já acontece no cenário padrão do mercado da tecnologia. Segundo a plataforma Revelo, responsável por datar e promover vagas em tecnologia, apenas 12,7% dos profissionais de tecnologia são mulheres.