hospital_de_campanha_hcamp_de_aguas_lindas_go_abr_numero_de_serie_de_4_digitos_050620-aspect-ratio-930-440
😷 Curto Saúde

Hospital de campanha é reaberto em Campinas com aumento de casos de covid-19

24-nov 9:41
2 min
Créditos da imagem: Warley de Andrade/TV Brasil

A cidade de Campinas, interior de São Paulo, decidiu reabrir o hospital de campanha para internação de pacientes com covid-19. O munícipio também voltou a recomendar “fortemente” o uso de máscara, que já está em vigor em ambientes fechados e no transporte coletivo municipal. Campinas é a maior cidade do interior paulista, tem 1,2 milhão de habitantes e enfrenta um aumento nos casos e internações por covid-19.

O hospital de campanha vai abrir na sexta-feira (25), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Carlos Lourenço, que será fechada nesta quinta-feira (24) para transferir os pacientes que não estão com a doença e finalizar as instalações. A unidade terá 23 leitos exclusivos para covid, 18 são enfermaria, 2 de isolamento e 3 com suporte respiratório para urgências.

A UPA atende cerca de 210 pacientes diariamente, que agora se não estiverem com covid, devem ser encaminhados para outra unidade.

Essa é a terceira vez que a unidade se transforma em hospital de campanha, desde março de 2020. Em julho e agosto de 2020 o hospital foi aberto e em janeiro e novembro de 2021 reaberto.

Essa semana a rede municipal do Sistema Único de Saúde (SUS) atingiu 100% de ocupação dos leitos gerais.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, mais de 75% das 55 pessoas internadas com covid-19 em Campinas entre 28 de agosto e 19 de novembro estavam com o esquema vacinal incompleto.

Mais cidades do interior

Outras cidades do interior de São Paulo passaram a recomendar o uso de máscaras em ambientes fechados depois do aumento nos casos de covid-19.

A Secretaria de Saúde de São José do Rio Preto pediu que a população volte a usar o protetor facial em ambientes fechados, com aglomerações de pessoas e, principalmente, no transporte coletivo.

Em Presidente Prudente, o uso de máscara voltou a ser recomendado e já faz parte da rotina dos moradores. De acordo com a secretária de Saúde, Márcia Lima Dantas, houve aumento de 250% nos casos positivos este mês, em comparação com o mesmo período de outubro.

Em Araçatuba, a recomendação da máscara inclui shoppings e supermercados. Em Ourinhos, a Santa Casa já tem paciente com covid-19 na fila por internação e decidiu suspender a entrada de crianças, idosos e pessoas com sintomas gripais para visita aos pacientes internados.

(Com Estadão Conteúdo)

Veja também: