000_32JB4Y7-aspect-ratio-930-440
⚡️ Curto Flash

Musk vai reativar contas de jornalistas no Twitter; veja no Curto Flash

17-dez 10:23
3 min
Créditos da imagem: AFP

Elon Musk disse que vai restabelecer as contas no Twitter de vários jornalistas suspensos da rede social depois que o empresário os acusou de colocar sua família em perigo. Veja mais no Curto Flash, a nossa seleção das principais manchetes do momento.

Musk vai reativar contas de jornalistas no Twitter

Elon Musk disse, na madrugada deste sábado (17), que vai reativar as contas suspensas de jornalistas no Twitter. A súbita suspensão provocou reações de entidades da sociedade, setores políticos, além de ameaças de sanção por parte da União Europeia. (AFP)

O bilionário publicou, nesta sexta (16), uma enquete na rede social perguntando se as contas deveriam ser reativadas “agora” ou “em sete dias”: 58,7% votaram pela retomada imediata; 41,3%, em sete dias.

STF revoga preventiva de Cabral, último político preso da Lava Jato

Com placar apertado, a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu revogar a prisão preventiva decretada contra o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, no processo em que foi condenado pelo então juiz Sérgio Moro a 14 anos e dois meses de prisão por supostas propinas nas obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro. O ministro Gilmar Mendes deu o voto decisivo no caso, acompanhando o entendimento de que há ‘excesso de prazo’ na medida.

Os advogados do ex-governador dizem que ele deve permanecer em prisão domiciliar. Cabral era o último político preso na Lava Jato – está custodiado desde novembro de 2016 e é alvo de sentenças que somam mais de 430 anos de prisão. (Estadão Conteúdo)

Militares na política brasileira

Pesquisa PoderData, realizada de 11 a 13 de dezembro de 2022, mostra que a opinião dos brasileiros sobre militares na política ficou estável desde o início da campanha eleitoral, 4 meses antes. O número segue desfavorável às Forças Armadas: 36% acham que a presença dos militares na política e no governo é boa para o Brasil, enquanto 47% acham que é ruim. (Poder 360)

Desarmamento

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, revogará os decretos de Bolsonaro e quer ajuda da igreja no desarmamento. O objetivo é reverter a expansão do uso de armas por civis, que explodiu na gestão de Bolsonaro. Em entrevista ao UOL, o futuro ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB), afirmou que uma minuta sobre o tema deverá ser entregue a Lula ainda neste ano. (UOL)

Coleção de NFTs de Trump se esgota em menos de um dia

Apesar de ser amplamente ridicularizado online, a coleção de figurinhas digitais do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, esgotou em menos de um dia, arrecadando US$ 4,5 milhões em vendas. Os NFTs custavam US$ 99 cada e retratam o ex-presidente dos EUA em disfarces, incluindo super-herói, astronauta e piloto de corrida. (The Guardian*)

Fake news e ataque às eleições podem ensejar impeachment

Proposta de juristas prevê que divulgação de fake news e ataque às eleições podem ensejar impeachment. A sugestão de projeto de atualização da Lei do Impeachment foi entregue pelo ministro Ricardo Lewandowski ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, nesta sexta-feira (16).

Pelo texto, divulgar conteúdo falso para questionar instituições poderá ser enquadrado como crime de responsabilidade. (G1)

Mega-Sena

O concurso 2.549 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 3 milhões para os acertadores das 6 dezenas. O sorteio ocorre às 20h deste sábado (17), em São Paulo. (Exame)

Veja também:

(*): Conteúdos em outros idiomas traduzidos pelo Google Tradutor

(🇬🇧): conteúdo em inglês

(🚥): pode exigir registro e/ou assinatura