desmatamento
🌎 Curto (Sobre)Viver

Buscas por “desmatamento” aumentam 294.000% após Bolsonaro sugerir pesquisa no Google

18-out 14:45
1 min
Créditos da imagem: Bruno Kelly

Os candidatos que disputam a presidência da República, Lula (PT) e Bolsonaro (PL), se encontrarem no último domingo (16) para o primeiro debate da TV para o 2° turno. Na ocasião, o candidato à reeleição e atual presidente Jair Bolsonaro (PL) sugeriu que o público “desse um google” para pesquisar em qual governo o desmatamento na Amazônia foi maior. A partir daí, um monitoramento realizado pela startup Tunad registrou que o tema meio ambiente ganhou o destaque da noite, por conta do aumento expressivo de buscas no Google pela palavra “desmatamento”. Confira!

A fala do presidente fez o interesse pela palavra saltar de 85 buscas/hora, para aproximadamente 250 mil buscas/hora. O pico, que aconteceu às 21h do domingo (16), atingiu um crescimento de 294.000%.

“O interesse gerado foi tanto, que acredito ser o maior que já monitoramos ao longo da nossa história”, analisa Cesar Sponchiado, CEO da Tunad.

Esses números são obtidos por meio do cruzamento de dados do Google Trends com dados da plataforma Tunad, que utiliza um algoritmo próprio para transformar os índices de interesses em quantidade de buscas. Ou seja, a empresa monitora a reação dos internautas a partir dos conteúdos veiculados, tanto em mídia online quanto offline.

Nas redes, o público compartilhou os resultados das pesquisas:

Leia também: