indigenas-aspect-ratio-930-440
🌎 Curto (Sobre)Viver

Terras indígenas com povos isolados são as mais ameaçadas da Amazônia, aponta Ipam

11-jan 11:58
2 min
Créditos da imagem: Marcello Casal JrAgência Brasil

As Terras Indígenas (TIs) com povos isolados na Amazônia – ou seja, aquelas que têm pouca ou nenhuma interação com grupos de fora – são as mais ameaçadas do bioma. É o que mostra a nota técnica publicada pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) e pela Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB) nesta quarta-feira (11).

O estudo “Isolados Por um Fio: Riscos Impostos aos Povos Indígenas Isolados” apresenta números sobre cinco riscos que afetam direitos fundamentais de isolados na Amazônia: desmatamento, incêndios, grilagem, mineração e desestruturação de políticas públicas específicas, considerada um risco jurídico-institucional e um agravante na exposição de territórios aos demais processos.

Seguem algumas das principais conclusões da análise do IPAM:

  • Somadas, as TIs com presença de isolados representam 653 km², ou 62% da área de todas as Terras Indígenas do bioma;
  • 6 entre as 10 TIs que tiveram o maior aumento de desmatamento são territórios com presença de povos isolados;
  • A TI Ituna/Itatá, no Pará, registrou alta de 441% nos focos de calor nos últimos três anos. Essa foi a segunda terra indígena com maior aumento de focos de calor, passando de 74 (2016-2018) para 400 focos (2019-2021);
  • 34% das 44 TIs com presença de povos indígenas isolados não tiveram seus processos de regularização fundiária concluídos;
  • 12 territórios com povos indígenas isolados estão sob risco “alto” ou “muito alto” (de garimpo, grilagem, desmatamento e queimada), sendo 4 em situação crítica: TI Ituna/Itatá, no Pará; TI Jacareúba/Katawixi, no Amazonas; TI Piripkura, em Mato Grosso; e TI Pirititi, em Roraima.

Pesquisadoras, indigenistas e lideranças indígenas alertam que, além de degradarem a biodiversidade, tais fatores podem ter consequências irreversíveis para a vida humana, como a dizimação de povos isolados. (IPAM)

No estudo, o IPAM analisou todas as 332 TIs do bioma amazônico, sendo 44 delas com isolados.

Leia também:

Clique aqui e faça download do aplicativo do Curto News para Android.

Receba notícias e newsletters do Curto News no WhatsApp e Telegram.