6E70F6B8-1651-4992-8249-CACBDCE6E41B-aspect-ratio-930-440
⚽️ Curto Esportes

Tenista francesa denuncia ex-treinador por crimes sexuais

31-ago 15:05
2 min
Créditos da imagem: Reprodução/Instagram

A tenista Fiona Ferro denunciou o seu ex-treinador – Pierre Bouteyre – por estupro e agressão sexual. Na época dos supostos abusos, a atleta tinha entre 15 e 18 anos. Bouteyre reconheceu a relação, mas disse que se tratava de uma “história de amor”.

A denúncia foi feita no final de fevereiro – em uma delegacia de Fréjus, no sul da França – e Bouteyre foi indiciado no dia 19 de agosto por “estupro cometido contra uma menor por uma pessoa com autoridade sobre a vítima”, contou Patrice Camberou, promotora da cidade francesa de Draguignan, à AFP.

De acordo com a advogada da tenista, Isabelle Colombani, os supostos abusos teriam sido cometidos entre 2012 e 2015.

O ex-treinador foi proibido de entrar em contato com Fiona e de treinar atletas menores de idade. Ainda, deverá se submeter a um tratamento psicológico.

A advogada de Pierre Bouteyre afirmou que ele “reconheceu a relação, mas negou qualquer coação. Era uma história de amor, segundo ele”.

Fiona Ferro – atual número 259 do ranking da WTA – tem 25 anos e é atleta profissional desde 2012. Chegou a ser número 39 do mundo em março de 2021 e foi eliminada do US Open na semana passada, durante a fase de classificação do quadro principal.

(Com AFP)

(🚥): pode exigir registro e/ou assinatura 

(🇬🇧): conteúdo em inglês

(*): conteúdos em outros idiomas são traduzidos pelo Google Tradutor