IA supera modelos tradicionais e aumenta a precisão da previsão do tempo
Créditos da imagem: Curto News/Bing AI

IA supera modelos tradicionais e aumenta a precisão da previsão do tempo

Imagine poder ter acesso à previsão do tempo para todo o globo em menos de um minuto, com um alto grau de acerto. Essa é a promessa do GraphCast, um modelo inovador de inteligência artificial (IA) desenvolvido pelo Google DeepMind.

Superando os modelos tradicionais

O GraphCast se destaca por sua rapidez e precisão, superando em muitos casos os serviços de meteorologia tradicionais. Em um estudo publicado na revista Science, o modelo foi comparado com o HRES, referência do setor, e com o Pangu-Weather, da Huawei, obtendo resultados superiores em 90% e 99% dos casos, respectivamente.

PUBLICIDADE

Tecnologia de ponta

Ao contrário dos modelos tradicionais, que utilizam equações matemáticas complexas, o GraphCast se baseia em redes neurais de grafos, uma técnica de inteligência artificial (IA) que se mostra mais eficiente para lidar com dados espacialmente distribuídos.

Aprendendo com o passado

O modelo foi treinado com um enorme conjunto de dados históricos do ECMWF, abrangendo informações sobre a atmosfera, os oceanos e a superfície da Terra desde 1979. Essa base de conhecimento permite que o GraphCast identifique padrões e faça previsões mais precisas.

Projeções em tempo real

Para funcionar, o GraphCast precisa apenas das condições meteorológicas atuais e de seis horas atrás. A partir dessa informação, ele gera previsões para as próximas seis horas, repetindo o processo até completar um período de 10 dias.

PUBLICIDADE

Vantagens e desafios

O GraphCast apresenta diversas vantagens, como baixo custo computacional e alta resolução espacial. No entanto, ainda há desafios a serem superados, como a necessidade de uma arquitetura de hardware específica e a possível dificuldade em prever eventos climáticos repentinos e mudanças climáticas.

O futuro da previsão do tempo

A equipe do Google DeepMind acredita que o GraphCast pode ser uma ferramenta complementar aos modelos tradicionais, oferecendo previsões mais precisas e em tempo real. A tecnologia ainda está em desenvolvimento, mas o potencial para revolucionar a área de meteorologia é enorme.

Acessibilidade e desafios para o Brasil

O código do GraphCast é aberto, mas sua utilização depende da computação em nuvem e de hardware proprietário do Google. Isso pode dificultar o acesso por parte de instituições de pesquisa como o Inpe.

PUBLICIDADE

Outro desafio para o Brasil é a qualidade inferior da previsão do tempo na região tropical, onde os grandes centros de meteorologia do hemisfério Norte não se concentram. Investir em pesquisas e tecnologias para melhorar a qualidade das previsões no Brasil é fundamental.

A inteligência artificial abre um novo horizonte para a previsão do tempo, com o GraphCast se destacando como um modelo promissor. A tecnologia ainda está em desenvolvimento, mas o potencial para melhorar a precisão, a rapidez e a acessibilidade das previsões é imenso.

Leia também:

Procurando uma ferramenta de Inteligência Artificial para facilitar a sua vida? Neste guIA, você navega por um catálogo de robôs movidos a IA e conhece suas funcionalidades. Confira a avaliação que a nossa equipe de jornalistas deu para elas!

PUBLICIDADE

Rolar para cima