Créditos da imagem: Curto News/Bing AI

Legisladores da UE ratificam acordo político sobre regras de IA

Dois grupos-chave de legisladores no Parlamento Europeu ratificaram nesta terça-feira (13) um acordo provisório sobre regras históricas de inteligência artificial (IA), antes de uma votação na Assembleia Legislativa em abril que abrirá caminho para a primeira legislação do mundo sobre o tecnologia.

Chamadas de Lei da IA, as novas regras visam estabelecer as barreiras de proteção para uma tecnologia utilizada numa vasta gama de indústrias, desde bancos a automóveis, produtos eletrônicos e companhias aéreas, bem como para fins de segurança e policiais.

PUBLICIDADE

As regras também regularão modelos básicos ou IA generativa, como aquele construído pela OpenAI apoiada pela Microsoft, que são sistemas de inteligência artificial treinados em grandes conjuntos de dados, com a capacidade de aprender com novos dados para realizar diversas tarefas.

Os países da UE deram o seu apoio no início deste mês, depois de a França ter garantido concessões para aliviar a carga administrativa sobre os sistemas de IA de alto risco e oferecer melhor proteção aos segredos comerciais.

A Big Tech, no entanto, permaneceu cautelosa, preocupada com a formulação vaga e geral de alguns dos requisitos e com o impacto da lei na inovação.

PUBLICIDADE

Leia também:

Procurando uma ferramenta de Inteligência Artificial para facilitar a sua vida? Neste guIA, você navega por um catálogo de robôs movidos a IA e conhece suas funcionalidades. Confira a avaliação que a nossa equipe de jornalistas deu para elas!

Rolar para cima