unsplash
😷 Curto Saúde

Na real, o que é Burnout?

3-set 15:21
2 min
Créditos da imagem: unsplash

A síndrome de Burnout entrou para a lista da Organização Mundial da Saúde como a mais nova doença do momento e vem crescendo entre as populações dos países mais desenvolvidos. No entanto, ainda há pouca informação sobre esse mal que está se espalhando e compromete a saúde emocional e física de muita gente talentosa e produtiva. Saiba como se proteger.

Muito se fala sobre Burnout, mas nem todo mundo sabe o que é. A síndrome está relacionada ao trabalho, e em janeiro deste ano entrou para a lista de doenças da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Como assim?

Segundo a OMS, Burnout é “uma síndrome conceituada como resultante do estresse crônico no local de trabalho que não foi gerenciado com sucesso”. Wow! 😲

Para a OMS, a doença é ligada somente aos estresses motivados pelo local de trabalho e não deve ser usada para descrever qualquer outra área da vida.

Quais os sintomas?

A Organização classifica três:

  • sentimentos de esgotamento ou exaustão de energia
  • aumento da distância mental do trabalho, ou sentimentos de negativismo ou cinismo em relação ao trabalho
  • uma sensação de ineficácia e falta de realização

O site USA Today* reuniu algumas dicas para ajudar a criar uma rotina de trabalho mais saudável, mas lembre-se: é importante estar atento aos sintomas e, caso apareçam, procure um especialista!

  • Alimentação: estudos mostram que uma alimentação mais saudável contribui para uma menor chance de burnout, além de contribuir como um todo na saúde mental.
  • Sono: durma bem! Pesquisas sérias mostram que as pessoas que dormem menos de oito horas por dia têm mais tendencia para ficar desestimulada, irritadas e estressadas. Se a sua insônia é provocada por estresse de trabalho, fique atento.
  • Exercício Físico: é uma forma de autocuidado que estimula o bem-estar e combate o estresse, segundo especialistas. Alguns trabalhos colaboram com rotinas mais sedentárias.
  • Yoga & meditação: as práticas também estão ligadas ao bem-estar e autoconhecimento, já que exigem atenção, calma e foco na respiração.
  • Autocuidado no geral: além das listadas, é importante aliviar o estresse do dia a dia com massagens e banhos longos, ou qualquer outro ritual que faça bem e possa te ajudar a reencontrar o equilíbrio.

Curto Curadoria

*Pode exigir registro e/ou assinatura.
Foto do topo: Unsplash