Pablo-Milanes-aspect-ratio-930-440
📖 Curto Cultura

Cantor cubano, Pablo Milanés, morre aos 79 anos

22-nov 9:40
2 min

O cantor e compositor cubano Pablo Milanés, autor do clássico Yolanda, cuja versão em português é sucesso na voz de Chico Buarque, faleceu na manhã desta terça-feira (22), aos 79 anos. A informação foi dada na página do Facebook do artista, que estava internado desde o dia 12 de novembro em um hospital de Madri.

O cantor Pablo Milanés tinha um estado de saúde frágil. Ele sofria, entre outras doenças, de um problema renal e recebeu um transplante de rim em 2014. Fundador da Nova Trova, abraçou a revolução de Fidel Castro em seus primórdios e com o tempo se distanciou, mas nunca rompeu o vínculo que o unia a seu povo por meio da música.

O último show do artista, premiado com dois Grammys Latinos de melhor álbum (2006) e excelência musical (2015), em Havana, foi em meados deste ano. Na ocasião, seus compatriotas cantaram suas músicas num reencontro que, para muitos, foi também uma despedida depois de quase três anos sem cantar no país.

Pablo nasceu em 24 de fevereiro de 1943 na cidade de Bayamo, filho do soldado Ángel Milanés e de Conchita Arias, uma costureira.

Conchita obrigou a família a se mudar para Havana, para que seu filho pudesse frequentar conservatórios. Na década de 1950, considerada a década de ouro da música cubana, o menino aprendeu piano e explorou novas tonalidades e textos com outros criadores.

Milanés foi casado cinco vezes. Sua segunda esposa, Yolanda Benet, foi a musa homônima de uma de suas canções mais famosas. Ele dedicou “Cuando tú no estás” à espanhola Nancy Pérez, com quem vivia na Espanha desde 2004, em seu último show em Havana.

(Com AFP)