afp.com-20230106-PH-GTY-1454511585-highres-scaled-aspect-ratio-930-440
⚡️ Curto Flash

Dois anos da invasão ao Capitólio e o caos para a escolha do presidente da Câmara dos EUA; veja mais no Curto Flash

6-jan 11:59
3 min
Créditos da imagem: Getty Images via AFP

Em 6 de janeiro de 2021 aconteceu o maior atentado à democracia dos Estados Unidos. A Invasão ao Capitólio deixou o partido Republicando dividido e agora há uma difícil escolha a ser feita. Saiba mais no Curto Flash, a nossa seleção das principais manchetes do momento.

O imbróglio Republicano

Nesta sexta-feira (6), o que foi considerado o maior atentado à democracia da história dos Estados Unidos completa dois anos. O ataque causou uma fragmentação no partido Republicano que está ocasionando em dificuldades para a escolha do presidente da Câmara dos Deputados dos EUA. Alguns integrantes da legenda conservadora desejam um representante menos radical e mais democrático. O partido Democrata também ainda não conseguiu definir seu representante. (G1)

Twitter hackeado

O endereço de e-mail de mais de 235 milhões de usuários do Twitter foi vazado em um fórum hacker; Alon Gal, co-fundador da Hudson Rock – uma empresa de segurança eletrônica – divulgou os dados nesta quinta-feira (5). Gal fala do uso desses dados roubados: “Esse banco de dados será usado por hackers, hacktivistas políticos e, claro, governos, para prejudicar ainda mais nossa privacidade”. O Twitter ainda não se pronunciou sobre o vazamento. (InfoMoney)

Ajuste do salário mínimo mais caro do que o previsto

O reajuste do salário mínimo de R$1.302 para R$1.320 deve custar R$7,7 bilhões a mais do que o previsto para o orçamento de 2023. Luiz Inácio Lula da Silva prometeu o reajuste logo após as eleições. O alerta pode significar um bloqueio de gastos nas demais despesas. (Folha de S. Paulo)🚥

O que o MEC vai fazer com R$12 bilhões?

Com orçamento maior e a pedido de Lula, o Ministério da Educação (MEC) vai priorizar a expansão do ensino integral, alfabetização e merenda escolar de qualidade. Camilo Santana, novo ministro da Educação, terá que reestruturar o sistema em massa em 2023. “Nos últimos três, mais de 350 mil crianças de até cinco anos abandonaram as escolas. Dados do Educação para Todos mostram que cresceu em 66% o número de crianças de seis a sete anos que não aprenderam a ler e escrever na idade certa. Quando não se alfabetiza a criança, todo o futuro dela fica comprometido”, afirmou o ministro. (Isto É)

Crianças sem vacina

Entre janeiro e novembro de 2022, 33,1% das crianças que foram atendidas em consultas na atenção básica estavam sem a vacinação em dia, segundo dados do Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (Sisab). Este é o maior percentual em cinco anos. (UOL Notícias)

Ex-presidente da Petrobrás integra governo paulista

A nomeação de Caio Paes de Andrade foi oficializada pelo Diário Oficial nesta sexta-feira (6). Andrade já havia sido indicado para o cargo no início de dezembro para assumir a Gestão e Governo Digital. Ele renunciou o posto de presidente da Petrobras nesta quarta-feira (4). (G1)

Aos chateados com Bolsonaro

O silêncio pós-eleições e a viagem para os Estados Unidos deixaram um sentimento de frustração entre os ex-aliados de Bolsonaro. Para tentar minimizar o impacto da fuga do ex-presidente e a frustração da derrota nas urnas, o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, fez uma publicação nas redes sociais. Michelle Bolsonaro repostou o vídeo. (Folha de S. Paulo)🚥

(*): Conteúdos em outros idiomas traduzidos pelo Google Tradutor

(🇬🇧): conteúdo em inglês

(🚥): pode exigir registro e/ou assinatura 

Receba notícias e newsletters do Curto News no WhatsApp e Telegram.