Snapinsta.app_1080_323932734_455466336777771_595259777760274650_n-aspect-ratio-930-440
⚽️ Curto Esportes

Marcio Freire, surfista de ondas gigantes, morre após queda no mar de Nazaré em Portugal

5-jan 18:14
3 min
Créditos da imagem: Reprodução/Instagram

O surfista brasileiro Marcio Freire, de 47 anos, morreu após cair de uma das ondas gigantes da Praia do Norte, em Nazaré, Portugal, local conhecido pelo campeonato Big Wave Challenge, que acontece desde 2011. Vários acidentes já aconteceram neste mar caracterizado pelos “paredões”, mas é o primeiro caso de vítima fatal, anunciaram as autoridades locais.

Atualizada às 23h45min

O baiano Marcio Freire é considerado uma lenda no surfe de ondas gigantes, já que foi um dos primeiros brasileiros a usar essa técnica. Ele surfou paredões em Jaws, no Havaí e em Maui. 

“Os socorristas constataram que a vítima sofreu parada cardiorrespiratória e começaram imediatamente as manobras de reanimação na areia (…) Após várias tentativas, não foi possível reverter a situação”, informou a Autoridade Marítima Nacional.

De acordo com o comunicado, o brasileiro fazia o chamado surfe rebocado, quando sofreu a queda.

Pioneiro

Marcio Freire era veterano do chamado surfe XXL. Ele morou por quase de 20 anos no Havaí, meca do surfe internacional.

Integrou do trio apelidado de “Mad Dogs” (Cachorros Loucos), ao lado dos também baianos Danilo Couto e Yuri Soledade. 

Em entrevistas, chegou a falar que o surfe nunca deu dinheiro, já que ele mesmo se auto-patrocinava.

As ondas de Nazaré são conhecidas de surfistas brasileiros, como Pedro Scooby, que sempre surfou por lá:

Temporada de ondas gigantes

A cada inverno em Portugal, a Praia do Norte é invadida por surfistas, por oferecer condições excepcionais para surfar ondas gigantes, em razão do fenômeno geológico chamado “canyon de Nazaré”.

Trata-se de uma falha submarina de 170 km de extensão por 5 km de profundidade, na qual a ondulação do oceano Atlântico se precipita antes de ser empurrada para a superfície até chegar à costa.

Foi em Nazaré que o alemão Sebastian Steudtner bateu o recorde da maior onda já surfada, ao descer um paredão de 26,2 metros em 29 de outubro de 2020.

Vários acidentes foram registrados no local, desde que o americano Garett McNamara o revelou para a comunidade de surfistas de ondas gigantes, no começo dos anos 2010.

Homenagens

Após a morte do surfista baiano ser confirmada, colegas de profissão, amantes do esporte e amigos de Marcio Freire prestaram homenagens nas redes sociais.

O tricampeão mundial Gabriel Medina publicou uma foto do atleta com “descanse em paz, Márcio”.

Ítalo Ferreira, ouro em Tóquio-2020, lamentou a morte de Marcio e publicou em seus stories no Instagram: “Que triste”.

Com informações da AFP

Veja também:

Receba notícias e newsletters do Curto News no WhatsApp e Telegram.