Anthropic aprimora Claude com recursos de reconhecimento de imagem

A Anthropic aprimorou seu chatbot de inteligência artificial (IA) - o Claude - com reconhecimento de imagem, um recurso que antes faltava em comparação com os concorrentes ChatGPT e Bard, marcando um movimento estratégico no competitivo mercado de IA.

Em um desenvolvimento significativo para a tecnologia de inteligência artificial, a Anthropic – criadora do chatbot Claude – está supostamente aprimorando suas capacidades para incluir análise de imagens. Esta mudança visa equipar o Claude com recursos de reconhecimento de imagem, uma funcionalidade que falta atualmente em comparação com seus contemporâneos como ChatGPT da OpenAI e Bard do Google. 

PUBLICIDADE

Curiosamente, esse avanço foi sugerido por meio de texto não publicado, encontrado no código do site da Anthropic, sugerindo uma possibilidade futura para os usuários discutirem imagens diretamente com Claude. 

Essa melhoria não é apenas uma atualização dos recursos existentes do Claude, que atualmente incluem a interpretação de texto e o manuseio de vários tipos de documentos, como PDFs, sem a necessidade de assinatura. Ainda assim, é também um passo estratégico para acompanhar os seus rivais de IA num mercado cada vez mais competitivo.

Leia também:

Procurando uma ferramenta de Inteligência Artificial para facilitar a sua vida? Neste guIA, você navega por um catálogo de robôs movidos a IA e conhece suas funcionalidades. Confira a avaliação que a nossa equipe de jornalistas deu para elas!

PUBLICIDADE

Rolar para cima