Falta de regulamentação da IA na saúde gera preocupações
Créditos da imagem: Curto News/Bing AI

Falta de regulamentação da IA na saúde gera preocupações

O uso não controlado de ferramentas de inteligência artificial (IA) na área da saúde criou uma situação arriscada. À medida que essas ferramentas de IA são aplicadas à medicina, sua segurança e eficácia não passam por um monitoramento governamental completo. Isso levanta questões sobre se estamos priorizando a inovação em detrimento da segurança do paciente.

Uso de IA na área da saúde

Médicos estão empregando ferramentas de inteligência artificial como assistentes virtuais para anotações e softwares preditivos para diagnóstico e tratamento de doenças, indicando uma mudança significativa para a digitalização na área da saúde.

PUBLICIDADE

Desafios Regulatórios

A rápida evolução da tecnologia de IA apresenta um desafio para órgãos reguladores como a FDA, que tradicionalmente aprova produtos como medicamentos e dispositivos médicos sem a necessidade de monitoramento contínuo. A natureza dinâmica da IA requer uma abordagem regulatória diferente, para a qual a FDA atualmente não está equipada para lidar devido a limitações de recursos e autoridade.

Resposta Governamental

Apesar da necessidade urgente de regulamentação, os esforços governamentais têm sido lentos, com pedidos de uma resposta coordenada para garantir a segurança e eficácia da IA na área da saúde permanecendo em grande parte não atendidos. A FDA expressou a necessidade de mais autoridade e recursos para regular efetivamente as tecnologias de IA.

Inovação versus Segurança

A implantação rápida de IA na área da saúde sem uma regulamentação adequada apresenta riscos relacionados à segurança do paciente e à privacidade dos dados, mesmo prometendo avanços significativos na eficiência do tratamento e diagnóstico.

PUBLICIDADE

Incerteza Regulatória

A falta de diretrizes regulatórias claras e a autoridade limitada da FDA sobre certas aplicações de IA criam confusão entre fornecedores de tecnologia e profissionais de saúde, potencialmente sufocando a inovação e afetando a adoção de ferramentas de IA potencialmente benéficas.

Necessidade de Novos Modelos de Supervisão

Os desafios apresentados pela IA na área da saúde sugerem a necessidade de modelos inovadores de supervisão, como laboratórios de garantia público-privados, para validar e monitorar as tecnologias de IA. No entanto, preocupações sobre a eficácia e imparcialidade de tais modelos persistem, especialmente em diferentes configurações de saúde.

Leia também:

Procurando uma ferramenta de Inteligência Artificial para facilitar a sua vida? Neste guIA, você navega por um catálogo de robôs movidos a IA e conhece suas funcionalidades. Confira a avaliação que a nossa equipe de jornalistas deu para elas!

PUBLICIDADE

Rolar para cima