Créditos da imagem: Getty Images

Mark Zuckerberg pede desculpas em audiência no Senado dos EUA que discutiu o impacto que as mídias sociais têm sobre as crianças

O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, pediu desculpas às famílias em uma audiência no Senado dos EUA que discutiu o impacto que as mídias sociais têm sobre as crianças.

Sob estímulo do senador republicano Josh Hawley, Mark Zuckerberg se levantou e se dirigiu às famílias que seguravam fotos de seus filhos que, segundo eles, haviam sido prejudicados pelas redes sociais.

PUBLICIDADE

No início da audiência, o comitê exibiu um vídeo no qual crianças falavam sobre sofrer bullying nas plataformas de mídia social. Senadores contaram histórias de jovens que tiraram a própria vida após serem extorquidos por dinheiro por terem compartilhado fotos com predadores sexuais.

“Você gostaria agora de pedir desculpas às vítimas que foram prejudicadas pelo seu produto?” Hawley perguntou, observando que a audiência estava sendo transmitida ao vivo pela televisão.

Zuckerberg dirigiu-se às famílias.“Sinto muito por tudo que vocês passaram. Ninguém deveria passar pelas coisas que suas famílias sofreram e é por isso que investimos tanto e continuaremos fazendo esforços em todo o setor para garantir que ninguém tenha passar pelas coisas que suas famílias tiveram que sofrer”, disse ele.

PUBLICIDADE

Hawley criticou agressivamente o chefe da Meta durante uma troca controversa. “Seu produto está matando pessoas”, disse Hawley a Zuckerberg, cuja empresa possui plataformas de mídia social Facebook e Instagram.

Leia também:

Procurando uma ferramenta de Inteligência Artificial para facilitar a sua vida? Neste guIA, você navega por um catálogo de robôs movidos a IA e conhece suas funcionalidades. Confira a avaliação que a nossa equipe de jornalistas deu para elas!

Rolar para cima