Créditos da imagem: Curto News/BingAI

Retornos da IA da Microsoft e Alphabet decepcionam investidores; entenda

As gigantes da tecnologia exaltaram, nesta terça-feira (30), como os clientes estão adotando seus produtos impulsionados por IA generativa, mas os custos crescentes para desenvolver recursos de ponta incomodaram investidores que esperavam um grande impulso nas vendas com a nova tecnologia.

As ações da Alphabet (GOOGL.O) caíram 6%, enquanto as da Microsoft (MSFT.O) caíram 1%, arrastando as ações pesadas de tecnologia, incluindo Apple (AAPL.O), Meta (META.O) e Amazon (AMZN.O).

PUBLICIDADE

Tanto a Microsoft quanto a Alphabet relataram aumentos generosos em suas receitas na nuvem no último trimestre de dezembro – superando as estimativas de Wall Street – à medida que os clientes experimentavam novos recursos de inteligência artificial e construíam seus próprios serviços de IA.

Mas os custos também dispararam, destacando os pesados investimentos que essas empresas estão fazendo em servidores, data centers e pesquisa, enquanto competem acirradamente por novos dólares dos clientes.

Isso prejudicou as expectativas dos investidores alimentadas pela promessa da IA, que impulsionou uma alta recorde das ações nos últimos meses.

PUBLICIDADE

“Uma avaliação elevada significa que até o menor sinal de decepção será aproveitado pelos investidores, e a orientação da Microsoft para desaceleração do crescimento da receita em sua divisão de nuvem no trimestre atual foi suficiente para ver as ações caírem modestamente”, disse Russ Mould, diretor de investimentos da AJ Bell.

A queda das ações da Google e da Microsoft estava prevista para eliminar cerca de US$ 61 bilhões e US$ 27 bilhões no valor de mercado das empresas, respectivamente.

Gene Munster, sócio-gerente da Deepwater Asset Management, disse que espera mais das participações de sua empresa na Alphabet e na Microsoft.

PUBLICIDADE

“Os investidores querem ver mais contribuição da IA”, disse ele sobre a Alphabet. “A Microsoft ainda está em estágio inicial, mas mostrando algum aumento na IA.”

As ações da Alphabet, que subiram 58% em 2023, estavam sendo negociadas a 22,26 vezes o lucro esperado, em comparação com um PE futuro de 33,09 para a Microsoft, 22,46 para a Meta, 42,60 para a Amazon e 27,73 para a Apple.

“O único problema aqui é que a Google divulgou seus ganhos na mesma noite que a Microsoft… (é) difícil obter essa multiplicação de poeira de fada da IA se os maiores players de nuvem estão crescendo mais rápido com receitas maiores”, escreveram analistas da Bernstein em uma nota.

PUBLICIDADE

As ações da fabricante de chips AMD (AMD.O), que elevou sua previsão para 2024 para processadores de IA para US$ 3,5 bilhões na terça-feira, caíram 3%. Os analistas esperavam anteriormente que a AMD vendesse de US$ 4 bilhões a US$ 8 bilhões em chips de IA, disse o analista Kinngai Chan, da Summit Insights, acrescentando que a avaliação das ações também está vinculada a esses números.

Os gastos de capital da Alphabet no trimestre relatado subiram 45% para US$ 11 bilhões. Enquanto isso, a Diretora Financeira, Ruth Porat, disse que os gastos serão notavelmente maiores este ano do que em 2023.

A Microsoft também relatou um aumento de 69% nos gastos de capital para US$ 11,5 bilhões e disse esperar que a métrica “aumente substancialmente” de forma sequencial.

PUBLICIDADE

“Ao fornecer uma perspectiva positiva… (a Microsoft) deu aos investidores o suficiente para justificar o preço das ações atual, mas precisará continuar a cumprir sua trajetória de crescimento para justificar um preço ainda mais alto das ações”, disse Gil Luria, analista da D.A. Davidson.

Luria espera que a Microsoft ainda possa aumentar as margens mantendo sua força de trabalho geralmente estável e que os investimentos voltem a cair no próximo ano, uma vez que a Microsoft tenha capacidade de data center suficiente para atender à demanda.

Leia também:

Procurando uma ferramenta de Inteligência Artificial para facilitar a sua vida? Neste guIA, você navega por um catálogo de robôs movidos a IA e conhece suas funcionalidades. Confira a avaliação que a nossa equipe de jornalistas deu para elas!

Rolar para cima