2845795721_725a4e647e_o-aspect-ratio-930-440
Newsverso

Impactos do metaverso no meio ambiente

22-nov 22:09
2 min
Créditos da imagem: Reprodução/Flickr

O metaverso ainda pode soar como algo distante, mas a realidade é que ele já está presente na nossa sociedade. E, como qualquer outra coisa, gera impactos no nosso planeta. Então, qual é exatamente o impacto ambiental do metaverso?

O metaverso e a sustentabilidade

O futuro do metaverso ainda é imprevisível mas, embora esteja em processo de desenvolvimento, ele está aqui. E está definitivamente mudando a forma como vivemos.

Os impactos do metaverso no meio ambiente ainda não calculáveis, mas já se pode prever efeitos positivos e negativos.

Impactos positivos

A principal vantagem para o meio ambiente é que o metaverso eliminará consideravelmente a necessidade de deslocamento humano, resultando em menos trânsito, menos acidentes, menos poluição e, consequentemente, menos aquecimento global.

Será muito mais fácil realizar reuniões no mundo virtual, economizando tempo, além dos enormes gastos com segurança e viagens – o que impactaria diretamente nas emissões de gases do efeito estufa decorrentes do deslocamento por automóveis e aviões.

Ainda, de acordo com um estudo publicado pelo site de notícias CleanTechnica (*), dos Estados Unidos, o metaverso ajudará na redução de outras atividades poluentes. Por exemplo, ações de treinamento militar – como pilotos voando em aviões de guerra – poderão ser realizadas no metaverso, reduzindo as emissões.

Impactos negativos

Por outro lado, de acordo com a Data Quest (*), os analistas estão preocupados que o metaverso possa levar a uma enxurrada de emissões de gases de efeito estufa. A tecnologia de realidade virtual e os data centers usam serviços de inteligência artificial (IA) e nuvem, que exigem grandes quantidades de energia.

Um estudo recente (*) estima que o treinamento de apenas um modelo de IA poderia gerar 626.000 libras de dióxido de carbono (CO2), o que é mais de 5 vezes a quantidade de gases de efeito estufa emitida por um carro em toda a sua vida útil. Os jogos em nuvem, necessários para a realidade virtual, aumentam a necessidade de imagens de alta resolução, o que demanda um maior uso de energia.

Outra preocupação é que o metaverso incentivará as pessoas a comprar novas tecnologias, o que poderá significar uma grande quantidade de lixo eletrônico – que está poluindo nosso solo, lençóis freáticos e aterros sanitários.

É vital que as grandes corporações encontrarem meios ecologicamente corretos de construir suas realidades virtuais.

Leia também: