MASKWACIS, AB - JULY 25: Pope Francis wears a traditional headdress that was gifted to him by indigenous leaders during his visit on July 25, 2022 in Maskwacis, Canada. The Pope is touring Canada, meeting with Indigenous communities and community leaders in an effort to reconcile the harmful legacy of the church's role in Canada's residential schools.   Cole Burston/Getty Images/AFP (Photo by Cole Burston / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
🌎 Curto (Sobre)Viver

Papa Francisco pede perdão pelo ‘mal’ causado aos povos indígenas

25-jul 18:29
2 min
Créditos da imagem: Getty Images via AFP

Em meio a uma visita ao Canadá, o Papa Francisco pediu perdão pelos abusos cometidos por cristãos contra os povos indígenas e lamentou a participação de sua Igreja no que descreveu como uma “destruição cultural”.

Nesta segunda-feira (25), o Papa Francisco pediu perdão “pelo mal que tantos cristãos cometeram contra os povos indígenas” do Canadá, no primeiro dia de uma visita centrada em abordar décadas de abusos cometidos pelas instituições católicas (AFP).

“As políticas de assimilação e desvinculação, que também incluíam o sistema de escolas residenciais, foram nefastas para os povos dessas terras”, reconheceu Francisco, dirigindo-se a uma multidão de indígenas em Maskwacis, província de Alberta, local de uma antiga escola residencial. 

Os internatos eram administrados pela Igreja Católica e se tornaram centros horríveis de abuso, assimilação forçada, devastação cultural e morte por mais de um século (G1).

Vídeo por: Guardian News

Curto curadoria:

(🚥): pode exigir registro e/ou assinatura

(Conteúdos em outros idiomas são traduzidos pelo Google Tradutor)

(Foto no topo: AFP 25/7/22)